8 de Janeiro de 2020

Grandes ideias movem a propaganda

Duas matérias apontam a importância das grandes ideias e da criatividade para nosso negócio. E mais um balanço do que mudou na lista das 10 maiores marcas anunciantes dos Estados Unidos nos anos 2010.

 

As 20 melhores ideias de 2019

AdAge escreveu uma matéria sobre as 20 grandes ideias de 2019. São 13 comerciais (Aviation Gin, Bud Light, Burger King, Globe Telecom, KFC, The New York Times, Nike, Popeye´s, P&G, Purina, Clio, Skittles, Sprite), um de educação pública (Sandy Hook Promise), um anúncio (desodorante Secret, da P&G), uma série de anúncios (Ikea), uma ação de marketing de conteúdo (Apple), uma ação de merchandising (Baskin-Robbins, em "Stranger Things"), uma ação de propósito (Ikea) e uma atividade de experiência (The Taco Bell Hotel).
 

Clique aqui para ler o artigo - 20 minutos

 

As sete melhores campanhas de marketing de todos os tempos

O redator David O. escreveu na The Medium uma matéria sobre o que considera as sete melhores campanhas de marketing de todos os tempos.

Quatro são de produtos: "Share a Coke with...", na qual as pessoas indicavam outras para terem seus nomes impressos em uma lata da bebida; "O café da manhã é a refeição mais importante do dia", da Kellogg´s; "Vai fritas com seu sanduíche?", do McDonald´s; e "Um diamante é para sempre", da De Beers.

Duas são de ações coletivas de categorias: "Escove seus dentes todas as manhãs" e "Você já fez  o seguro?".
E uma ninguém sabe exatamente quem inventou: "Cinema + pipoca".

 

Clique aqui para ler o artigo - 6 minutos

 

O que mudou na lista das 10 maiores marcas que mais anunciam nos EUA?

AdAge fez uma interessante matéria sobre o que mudou na lista das 10 maiores marcas anunciantes americanas de 2009 a 2019.

O primeiro lugar passou agora a ser da Geico (uma seguradora, da Berkshire Hathaway), que era o 10° há 10 anos. A segunda posição é da Amazon, que nem fazia parte das lista dos 200 maiores em 2009. E a terceira posição é de outra seguradora, a Progressive, que era a 33º há uma década.

Da lista dos 10+ saíram o Walmart (era a 3º), a Macy's e a Target. Entraram a mencionada Amazon e Progressive mais a Apple (era a 47º).

Mantiveram o mesmo lugar no ranking a GM/Chevrolet (5º) e a Ford (7º); o McDonald´s saiu da 6º para a 9º posição. E a AT&T caiu do 2° para o 10° lugar.

A Sprint era a 4º, mas a T-mobile, que a comprou está em 8° lugar.

O mais impressionante, porém, é a redução das verbas: em 2009 as 10+ investiram US$ 11.161 bilhões e agora, foram apenas US$ 9.373, ou seja, menos 14%, sem considerar a inflação do período.

 

Clique aqui para ler a matéria - 6 minutos